sábado, novembro 19, 2011

o privado não se reparte...(305)

as coisas que eu ainda descubro, nas madeiras, cá em casa. está meio estilizado, mas eu consigo ver um coração.


2 comentários:

Susaninha disse...

Eu também vejooooo:)
Adoro corações:)

Teresa disse...

boa! afinal não estou com alucinações :)