terça-feira, novembro 06, 2007

o privado não se reparte...(77)



irrita-me profundamente, quando as pessoas, por conveniência, tentam faltar aos seus compromissos. prefiro que me digam que não conseguem, não podem, ou não querem!


3 comentários:

augusto disse...

é mesmo, não é? ;-)

Teresa disse...

se é!
um abraço.

estás melhor daquela gripe?

augusto disse...

já passou, obrigado :)